terça-feira, 1 de agosto de 2017

O equilíbrio e a harmonia


No lugar de equilíbrio, devemos buscar harmonia. Porque a ideia de se manter em equilíbrio perpétuo ou duradouro é muito frágil quando aplicada. Já tentou viver sempre se equilibrando numa corda bamba? 

Nem mesmo o maior de todos os equilibristas lograria êxito dessa forma. Pois, equilíbrio serve somente para espetáculos ou para exibir-se em alguns momentos muito bem delineados. Mas viver em harmonia é uma medida ousada, provável e possível. 

E bastaria buscar aprender cada vez mais sobre nós mesmos vivendo num caminho de descobertas de modos cada vez mais qualificados para lidar tanto com os momentos de adversidades quanto com os momentos de glória. Afinal, a vida é uma rica somatória de momentos que sempre valem a pena estar presente. Musa!

*Prof. Dr. Pablo Mendes
Filósofo. Educador. Escritor. Filósofo Clínico
Uberlândia/MG – Porto Alegre/RS

Nenhum comentário:

Postar um comentário